domingo, 7 de junho de 2020

Mesmo durante a pandemia, Vasco trabalha para que sócios-torcedores renovem seus planos

Após bater recorde no número de sócios no ano passado, o Vasco tem um desafio em meio à pandemia do novo coronavírus: manter os associados em um período sem jogos e com incertezas em relação ao calendário esportivo. Até aqui, porém, os números animam. Na noite de ontem (2), o contador no site do Sócio Gigante apontava, em um mês, mais de 57 mil sócios, entre renovações e novas adesões desde de 1º de maio.

Brevemente se encerram muitos dos contratos firmados durante a promoção que foi realizada no ano passado, que tinham validade de seis meses. Em dezembro, após um movimento de associação em massa, o Cruz-Maltino se tornou o clube com o maior número de sócios no país, chegando a alcançar cerca de 180 mil.

Os 57.430 sócios indicados no perfil oficial são referentes a renovações ou novas adesões desde o começo do mês passado. O número está dentro de uma média que a cúpula do Vasco já imaginava, mas há o entendimento de que o cenário ainda pode sofrer alterações e evita-se tirar conclusões precipitadas, tanto positivas quanto negativas.

Internamente, sabe-se que a perda no programa é quase inevitável por alguns motivos, dentre eles o fato de muitos torcedores terem aderido em um momento em que se oferecia o desconto e, também, por conta da crise financeira que a pandemia tem gerado.

Atualmente, o sócio pode renovar o contrato sem a necessidade de uma nova adesão entre 60 dias antes e até 90 dias após o término do vínculo.

Desde o começo da paralisação do futebol, o Cruz-Maltino vem buscando alternativas para manter o torcedor próximo ao clube e, justamente, evitar uma debandada grande do programa de sócios, uma vez que os jogos são os grandes atrativos. No começo do mês passado, por exemplo, houve o "Torneio Vasco eSPORTS de Free Fire", que teve como público-alvo, majoritariamente, os sócios.

Associação em massa virou documentário

A movimentação da torcida para se associar bateu recordes e até virou documentário, exibido pelo serviço de streaming DAZN, em parceria com a agência "14".



Fonte: UOL

Blogger templates

Your email address:


Powered by FeedBlitz

Obrigado pela visita de todos vocês!

Locations of visitors to this page