quinta-feira, 9 de julho de 2020

Diretor de comunicação fala sobre a marca de 700 mil inscritos no Youtube: 'Tem muita coisa boa vindo aí!'

Mário Vassallo @msrvassallo
Ultrapassamos a marca de 700 mil inscritos na Vasco TV e não tenho dúvida que a marca de 1 milhão será quebrada em pouco tempo. Mais do que a quantidade, nossa busca sempre será dar a cada torcedor inscrito o melhor conteúdo com a melhor qualidade. Tem muita coisa boa vindo aí!

Fonte: Twitter do diretor de comunicação Mário Vassallo

Presidente da CBF garante início do Brasileiro em 9 de agosto

O início da Série A do Brasileiro em 9 de agosto é algo definido. É o que diz o presidente da CBF, Rogério Caboclo, em entrevista ao jornal O Globo. Em termos de calendário, as Séries B e C devem começar um dia antes (8), enquanto a Copa do Brasil retorna em 26 de agosto.

"Na Série A, houve um voto dissidente sobre o mando, mas nenhuma dúvida se a competição vai começar ou não dia 9 de agosto. Brasileirão é algo definido e determinado. A Série B inicia no dia 8, na véspera. Definimos com a Série C que ela recomeçará na mesma data da B. A Copa do Brasil volta em 26 de agosto."

Isso, mesmo que as equipes precisem jogar fora de suas praças, caso os respectivos municípios não estejam em condições sanitárias adequadas.

O objetivo da entidade, que reconhece a impossibilidade de espremer as datas necessárias ao longo deste ano, é conseguir ajustar todo o calendário do futebol até 2022.

- Vai invadir janeiro, fevereiro, pode chegar a meados do mês. Mas temos algumas premissas que vão além. Muita gente não leva em consideração. Nosso horizonte é a Copa do Mundo de 2022, marcada para começar em novembro. Obriga o nosso calendário a terminar pelo menos um mês antes, em outubro de 2022. Temos que encerrar 2020 na segunda quinzena de fevereiro, iniciar os estaduais na última semana do mesmo mês, o Brasileiro no final de maio de 2021.

Com isso, a ideia da entidade é encerrar a temporada de 2021 na primeira semana de dezembro, com férias e pré-temporada seguinte obedecendo o ritmo usual. Para cumprir com a nova programação, de acordo com o mandatário da CBF, até mesmo as pausas do Brasileirão em data Fifa serão suspensas.

"Infelizmente, é impossível. Lamento profundamente, mas nem considero como uma questão não cumprida. Diante do que aconteceu, essa questão não é nem cogitável mais. Se fossemos, preservar a seleção, não entregaríamos as competições. Todos vão compreender que é impossível."

A Série D vive um cenário diferente. Com 68 participantes e 61 cidades envolvidas, não há a mesma flexibilidade para jogar em outras praças.

- Demandam um operacional um pouco mais complexo. As equipes precisam de maior reestruturação para voltar e também uma logística maior.

Em relação aos estaduais e os mecanismos necessários para conciliar os rumos das competições com o Brasileiro, marcado para agosto, Caboclo declara-se entusiasta das disputas. Mas afirma que a CBF não tem resposta para este caso, uma vez que eles se comportam dentro dos limites de cada estado.

- Sou entusiasta dos estaduais. São o cerne do futebol do Brasil. Promovem a disputa local, criam interesse do torcedor. Há um aspecto importante: a possibilidade de mais clubes de âmbito nacional terem a chance de títulos. Com isso, podem manter e aumentar a torcida, obter receitas. Existe outro ponto: o fomento do futebol na sua essência, forjar os nossos craques. Por isso a cadeia do futebol é tão rica. Quando a gente tirar a oportunidade de clubes da Série D de disputarem com grandes uma competição inteira, podemos ruir com um sistema altamente produtivo.



Fonte: GloboEsporte.com

Frio faz peixes sumirem do rio Paracatu

Amigos da coluna que foram pescar no rio Paracatu, mais precisamente no rancho Cinco Amigos, que fica na localidade de Cocalinho, perto do distrito de Paredão de Minas, no Norte de Minas Gerais, não tiveram êxito nas suas anzoladas. Foi tentada a pesca de matrinxã, curimbas, piaus três pintas e verdadeiros e os famosos pacus caranhas.
A pescaria foi feita na semana passada, do dia 13 ao dia 20 de junho e, segundo os companheiros Mauro Miranda e Chico Piraguara, o frio deve ter espantado os peixes, uma vez que as temperaturas chegaram próximas de 10 graus nas madrugadas do rancho.
Mauro e Chico subiram o rio, que ainda está muito caudaloso, resultado das últimas chuvas, e também pescaram abaixo do rancho. No entanto, as ações ficaram restritas aos lambaris, principalmente os do rabo vermelho, que estavam bem assanhados. Nem as ariscas matrinxãs não deram o ar da graça.
Os amigos aproveitaram a falta de peixes e, principalmente, de ações para jogar um carteado, ouvir uma boa prosa e colocar o papo em dia. A viagem de ida e volta transcorreu sem sobressaltos e todos voltaram em segurança para o seio de seus familiares.
P. de Souza
Repórter e pescador
O repórter Luiz Fernando de Andrade, pescador inveterado, foi ao rancho Cinco Amigos no ano passado e conseguiu boas ações e muita aventura
Fonte: CORREIO DA CIDADE

Blogger templates

Your email address:


Powered by FeedBlitz

Obrigado pela visita de todos vocês!

Locations of visitors to this page